6 curiosidades sobre o sono do seu bebê

30/11/2015

 

#1 O que faz o bebê acordar
Muita gente acha que a luz pode atrapalhar o sono do bebê. Não é verdade! Para ele, o dia e a noite são exatamente iguais. O soninho do recém-nascido é basicamente regulado pela sensação de fome, não pela claridade ou escuridão. É muito importante ensinar-lhe essa diferença. Para isso, o ideal é expor o bebê à luz natural do dia e diminuir as luzes da casa conforme o anoitecer.

#2 Como funciona o soninho deles?
Você sabia que o ciclo biológico dos bebês só começa a amadurecer por volta de seis a nove semanas? Além disso, o ciclo não funciona regularmente até os quatro meses. É por esse motivo que após esse tempo os bebês passam a ficar mais tempo acordados durante o dia e a dormir por mais horas à noite. O sono profundo acontece na primeira parte da noite (2h da manhã, aproximadamente) e no começo da manhã. Já o resto da noite é de sono leve.

 

#3 O que é uma “noite inteira” para um bebê?
Acredite, se o seu bebê tem dois meses ou menos e dorme durante três horas seguidas, para ele foi uma noite inteira. O tempo vai aumentando conforme eles crescem. Assim, após os dois meses, você já pode considerar cinco horas seguidas, uma noite inteira. Como os horários são muito diferentes dos adultos, é importante que os pais tenham essa informação para não criarem expectativas falsas. Os pequenos passam a dormir por mais horas quando o sistema digestivo já está um pouco mais amadurecido e ele consegue ficar um período mais longo sem comer.

 

#4 Rotina para evitar problemas de sono. É possível?
Antes dos três meses, esqueça! A partir daí, tente adequar seu dia aos horários das mamadas. Tente fazer a higiene do bebê em horários aproximados e da mesma forma e tente também criar um ritual de sono no mesmo horário e do mesmo jeito. Assim, será mais fácil o pequeno entender que é hora de dormir.

 

#5 Eles choram sem motivo?
De 0 a 3 meses o choro é a forma de comunicação dos bebês. Acredite, não é manha e durante o período citado eles não choram sem motivo. Porém, se ele chora muito, pode ser fome, sono, cólica ou algum desconforto, ou ainda frio, calor ou fralda suja. Se o choro for estridente e contínuo, o mais indicado é leva-lo ao pediatra para que o pequeno seja examinado.

 

#6 Quando a falta de sono vira preocupação
Vale a pena consultar aquelas tabelas que possuem o tempo médio de sono do bebê de acordo com a idade. Mas vale lembrar também que cada bebê é único e possui necessidades diferentes. A melhor forma de saber se está tudo bem com o soninho do seu pequeno é reparar se, independente da soneca longa ou curta, ele se alimenta corretamente e tem o desenvolvimento adequado para a idade. Se a resposta for positiva para todas essas perguntas, é sinal de que ele está com a necessidade de sono atendida. Já se ele chora demais, passa o dia apresentando sinais de cansaço e recusa a amamentação, talvez ele precise de mais tempo de sono. Observe!

 

fonte: Mil Dicas de Mãe por Nívea Salgado

Please reload

Posts Em Destaque

Como Encarar a Maternidade

09/09/2016

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square